Posts tagged namoro

Diga-me com quem andas…

Alguns tipos de pessoas podem estabilizar um bipolar: com calma, carinho, cuidado e pé no chão. Estas pessoas sempre pisam em ovos, pois o temperamento de um bipolar é explosivo. 

Entretanto, existe um outro tipo de pessoa que detona uma crise.

Na época do auge da minha crise maníaca, eu tinha um namorado que a alimentava. Ele desconfiava de muitas das minhas coisas e idéias, mas me apoiava em tudo. O motivos eram claros: isto trazia vantagens financeiras e sociais pra ele.

A equação era a seguinte:

Maria Bipolar = Namorado feliz, com grana no bolso e aventuras para viver e contar.

Maria Controlada = Namorado pobre, sem prestígio, eventos sociais ou amigos.

Meu ex-namorado então pegava carona na minha bipolaridade para tirar proveito de algumas situações. Quando alguns problemas apareceram, saltou fora se mostrando uma vítima das situações que eu criava. Convenceu a todos os leigos do cenário “vítima”: eu era o monstro bipolar que destruiu a vida e a dignidade dele. Não respeitou a mim ou à minha privacidade.

Não existem vítimas ou culpados nesta história. Vergonha deveria sentir a pessoa que se aproveita de um doente para obter vantagens. Infeliz e covarde o bipolar que culpa a doença por todas as merdas que fez.

Mas uma coisa eu digo: ninguém faz merda sozinho. Se você é um bipolar e se identifica com alguma coisa daqui, pense direito nas pessoas que te cercam. Veja quem é o seu “agente detonador”. E o elimine imediatamente. Sem esta ação, você jamais terá uma cura. Nunca encontrará nenhuma paz.

Leave a comment »